Livro que li: A Hospedeira, Stephenie Meyer



Sinopse: Melaine Stryder se recusa a desaparecer. Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo. Quando Melanie, um dos humanos "selvagens" que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a "alma" invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente. Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam.
Nº de Páginas: 557
Editora: Intríseca
***
Não sou muito de gostar de ficção cientifica, tanto que sempre falei de comprar esse livro e nunca comprei, e olha que já vi por 10 reais no Submarino. E agora depois de ler acho que vou comprar. Demorei praticamente o mês todo para ler, por que o começo não é lá dos mais empolgantes, e logo no começo tem uma passagem de tempo, e não fica claro quanto tempo se passou, e não gostei disso, tinha de ficar claro o tempo para não deixar a gente confuso. E até a Peg/Mel ser quase aceita nas cavernas não acontece muitas coisas, e fica muito monótono, e eu dei uma travada na leitura entre as páginas 300 e 400. E também por que fica claro que `algo´ vai acontecer, e foi nesse ponto que comecei a gostar do livro, eu achei que aconteceria de um jeito, mas não foi do jeito que eu pensei e foi uma surpresa, então no final eu super me empolguei. 
A Peg entrou na lista das personagens favoritas. E achei interessante a Mel amar o Jared e a Peg o Ian, isso tudo dentro do mesmo corpo, a Peg ama o Ian, mas o corpo da Mel não. E o amor da Mel pelo Jared é tão forte que confundia a Peg. E bem isso nem é tão ficção cientifica, as vezes nós seres humanos com um corpo só e uma só alma se sente confuso entre o amor e o desejo.
O livro só não ganha cinco estrelas por causa da leve enrolação que tem rsrs.
E obrigada Nete por me emprestar o livro!!!
Beijos!!!

Nenhum comentário

Postar um comentário