Postagens populares

Li e gostei: Destinados, Juliana Manzato

09 junho 2014

(imagem reprodução)

Faz algum tempo que aprendi a ter fé no destino, porque para mim o maior significado dele é Deus. É Ele que une as pessoas, que encerra e inicia ciclos, e faz com quê muito dos nossos desejos se torne realidade. Bonito isso, né? Deus na forma mais pura depois do amor e oração.
É acreditando nele todo santo dia que não crio mais expectativas em relação às situações ou pessoas. Ele sabe a hora exata do encaixe, do abraço apertado, beijo de despedida, encontros sem hora marcada, saudade no peito e desejo de estar junto. Destino é peito cheio e linha infinita.
Depois que a gente entende que não mandamos em nada e que planejamento só serve para dar errado ou atraso, fica claro que somos verdadeiros destinados. Nada acontece ao acaso. Tudo já estava escrito naquela linha infinita. Como sempre ouvi, tudo que tiver que ser, será. Não adianta ficar ai brincando de murro em ponta de faca, coração na boca e ansiedade crônica. Nada vai sair do jeito que queremos justamente por ter alguém muito superior que pensa em nós.
Os “destinados” entendem que precisam estar exatamente onde estão justamente para plantarem sementes e fazerem a colheita no momento certo. Seja tristeza ou felicidade, encontros e desencontros, a gente muda, o destino não.
Somos destinados a ser. Crescimento, amadurecimento, paciência, um pouquinho de amor e tudo já não é como antes. O emprego do sonhos vai ser seu, se você lutar para que ele seja. O cara “certo” chega quando você menos procurar. A dor passa. O amor renasce. A esperança é a última que morre e ter fé em Deus, é acreditar que o destino também é milagre.
Acreditar no destino não é ficar parado esperando coisas caírem do céu, pelo contrário, é movimentar a terra e plantar as sementes. Os brotos aparecem sempre vão aparecer. O exemplo é simples, plante um feijão no algodão. Você até sabe que o broto está para nascer e quando menos espera, lá esta a pequena folha.
A vida imita a analogia, plante, cuide e faça a colheita. Destino também é merecimento.
(Fonte AQUI)


Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Michelly Melo.