Reciprocidade


Hoje a inspiração apareceu enquanto conversava com uns amigos, com um amigo falávamos sobre as decepções amorosas, das intensas e sobre as que a gente só pensa "bem é isso aí", com outro sobre as surpresas incríveis que a vida nos reserva... surpresa essa que é descobrir o quanto é maravilhoso está apaixonado e a melhor parte é saber que isso é recíproco. 
Lembro até hoje a primeira vez que escutei essa palavra, era no meu primeiro ano do ensino médio, e eu estava toda apaixonadinha por um professor e como o meu ascendente em áries faz com que eu seja um pouco (só um pouco) impulsiva eu falei para ele, e ele com todo carinho que que um professor pode ter por uma aluna respondeu "é um sentimento lindo, mas não é recíproco" e eu que não sabia o que aquilo significava perguntei a ele "o que significa?" 
RECÍPROCO.
Reciprocidade.
"Quando os ambos sentem a mesma coisa. Sentimento mútuo."
Essas foram as palavras dele, e eu nunca esqueci isso. 
Todos os amores que vieram depois eu procurava encontrar um sentimento recíproco. Em alguns encontrei, em outros não... 
E hoje falando sobre isso percebi o quanto é bom encontrar alguém que sente o mesmo que você, e reproduzindo o que falei no áudio do whatsapp com meu amigo:
"Aproveita esse momento, é tão difícil hoje em dia existir reciprocidade nos relacionamentos, amar o outro e o outro te amar, as pessoas estão tão egoístas, tão centradas na própria vida, não falam sobre o amor e tem um medo enorme de demonstrar amor. E quando alguém demonstra, seja com um carinho de dedo, um cafuné, uma ligação inesperada, quando estão juntos e o tempo passa sem nem perceberem, quando palavras nem são necessárias, só um olhar basta. Aproveite, isso é raro."
E em relação as decepções, a gente nunca vai saber o que vem depois, não deixe que a falta de reciprocidade de um relacionamento fazer você pensar que em todos você não será amado, não deixe o medo te impedir de amar, viva o agora, talvez seja só um momento, mas talvez seja para a vida toda.



Nenhum comentário

Postar um comentário