Te Amo do Tamanho do Universo a Infinita Potência


Te tenho com a certeza
De que você pode ir
Te amo com a certeza
De que irá voltar
Pra gente ser feliz
Você surgiu e juntos
Conseguimos ir mais longe

Você dividiu comigo a sua história
E me ajudou a construir a minha
Hoje mais do que nunca somos dois
A nossa liberdade é o que nos prende

Viva todo o seu mundo
Sinta toda liberdade
E quando a hora chegar, volta...
Que o nosso amor está acima das coisas...desse mundo
(Mais uma vez, Jota Quest)

E você me pediu para escrever um texto sobre você, ou melhor, sobre nós. Então vamos lá, não sei se você vai ler, por que pode ser que eu não deixe você, morro de vergonha de ver alguém lendo o que eu escrevo, fico curiosa pra saber se vai gostar ou não, quais são as reações, e acabo ficando desinquieta, então eu deixo você ler só que sem eu ver. E não poderia ter data melhor para escrever esse texto, o dia dos namorados está chegando, e eu queria muito o meu, ou melhor, meus presentes, um livro e um DVD, só para variar haha. Mas eu não vou te dar nada além desse texto então não vou cobrar (agora) os presentes.
Eu amo nossa história, eu acho que você sabe disso, nós dois somos a prova de que o que é para ser vai ser, e no tempo certo. Nossa história é assim, te conheci, me apaixonei primeiro pela sua família, depois por você, namoramos, e era tão bom que hoje eu me pergunto como pude ter cometido tantos erros. E terminamos. Fomos cada um pro seu lado, ou quase, se é que me entende. Vivemos. Essa música que tá ali no começo é a nossa música desde sempre. E chegou o momento de espera, de um esperar o outro. Depois a melhor parte o reencontro, e que reencontro! E começamos a viver juntos.
Antes de começar a parte mais legal do texto, tenho que dizer: Não somos perfeitos e não somos o casal perfeito, cometemos erros, alguns que são esquecidos com o tempo e outros não. Mas o maior erro é viver uma farsa, e isso não fazemos, nós brigamos sim, ou melhor, eu brigo eu falto colocar a casa no chão e você no seu silêncio que me deixa ainda mais P da vida, mas fazer o que né... Ainda bem por que se você me ajudasse a colocar a casa no chão seria horrível.
Agora vamos à parte legal: Você me ensinou a ser besta, besta no sentido de ser engraçada, e não no sentido de ser besta, entendeu? Tá que um pouco do meu sarcasmo e da minha ironia já veio comigo, mas o resto foi você. Ah foi com você que entendi que um homem ideal (Argh não gosto desse estereotipo de homem ideal) tem de ser engraçado, não idiota, engraçado, para fazer uma mulher feliz, pelo menos para mim fazer feliz.
Sério eu amo nossas ironias no café da manha, até na hora que você me engana para me assustar eu gosto, mas não faça isso sempre, eu não esqueci o caso do macarrão haha. Nossas brincadeiras, nossas palhaçadas, a intimidade que temos um com o outro (eu já te falei e repito, para consegui isso com outra mulher demora, então é melhor ficar com essa aqui mesmo haha). Você é tão divertido, me diverte tanto. E temos Hobbies parecidos, amamos séries e filmes, a diferença que eu gosto de filmes de amorzinho e você de filmes de ação, suspense e terror, e por esse motivo na hora de decidir um filme é aquele caso de sempre Você só quer assisti o que você gosta Mas é você que só quer assistir o que você gosta” e blá blá blá... Nas séries eu assisto o que você gosta tipo Smallville, ou tento igual Supernatural. E eu bem que queria que você lesse, mas pelo andamento do livro de Harry Potter eu nem falo mais nada.
Bem não somos perfeitos, mas somos perfeitos um para o outro, e apesar dos pesares tivemos mais momentos ótimos do que pesares, e esses momentos ótimos são inesquecíveis, e eu os valorizo e muito, isso é o que deveríamos fazer sempre né... Valorizar os nossos melhores momentos.

Eu amo você, com todas as suas bestagens e brincadeiras. Eu te amo do tamanho do universo na infinita potência.

Imagem We♥It
Beijos!!!


Nenhum comentário

Postar um comentário