Filme que vi: Grande Menina, Pequena Mulher


Sinopse: Molly (Brittany Murphy) é uma jovem mimada que vive da fortuna deixada por seu pai, um astro do rock já falecido. Após ter toda sua herança roubada pelo seu contador, ela é obrigada a deixar as regalias de lado e procurar emprego. Molly começa então a trabalhar como babá de Ray (Dakota Fanning), uma precoce garota de 8 anos com quem passa a aprender muito sobre a vida.
Duração: 1h 32min
***
Molly perdeu os pais quando era criança, eles eram astros do rock, e deixaram um boa herança, mas ela não tem um pingo de juízo e organização e o advogado dela acaba roubando-a e ela fica sem nada, e tem que trabalhar, e arranja um emprego de babá com uma menina muito séria, organizada e chata com limpeza, totalmente ao contrário de Molly. Ray se faz de forte, mas uma hora ela teve que assumir os seus 8 anos de idade e se permitir ser criança e sofrer como criança.
Esse filme me emociona muito e consegue arrancar algumas lágrimas no final, e alguns risos durante o filme. Tem romance no filme, mas o foco todo fica na relação entre Mally e Ray, no começo fiquei com esse receio de mostrar mais o lado romântico, mas isso não aconteceu. E eu fico com uma raivinha da mãe da Ray e do Neal... Mas fazer o que, no final tudo se resolve.

Ray: Toda história tem um fim. Mas na vida, cada final é apenas um novo começo.

Nenhum comentário

Postar um comentário