Filme que vi: Qual Seu Número?


Sinopse: Boston. Ally Darling (Anna Faris) fica horrorizada ao ler, em uma revista feminina, que as mulheres têm em média 10,5 parceiros sexuais ao longo da vida. Acreditando que o número é baixo demais, ela puxa da memória todos os homens com quem já transou e passa a investigar junto a amigas qual é o número delas. É quando percebe que já teve relações sexuais com 19 homens, um número bem acima das colegas. Para piorar ainda mais a situação, a matéria diz que as mulheres que tiveram 20 ou mais parceiros têm muito mais dificuldades para se casar. Logo, a saída para Ally é procurar seus ex-namorados para ver se, com o tempo, algum deles melhorou de forma que possa ser seu marido, já que desta forma não chegará à marca dos 20. Para cumprir a missão ela conta com a ajuda de Colin Shea (Chris Evans), seu vizinho mulherengo que tem habilidade para investigar outras pessoas. Em troca Ally passa a ajudá-lo a escapar das mulheres que leva para cama, que por vezes teimam em não ir embora tão logo a relação sexual termine.
Duração: 1h 46min
***
Li o livro desse filme, vocês podem ler a resenha AQUI.
Com SPOILERS!!!
Quem ler sabe o quanto a gente fica com o pé atrás na hora de assisti um filme que foi baseado em um livro que a gente já leu. Eu pelo menos quanto sento para assisti eu tenho esperança de ser fiel ao livro. E foi assim com esse filme, eu tinha esperanças, que foram acabando de pouco a pouco, por começar com o nome da protagonista. E eu me pergunto o por que de não ser Delilah no filme, um nome apenas, pra que trocar? Dai a Ally (que tinha que ser Delilah!) começa a fazer a lista dos homens que foi para a cama, e qual foi a minha surpresa? Os nomes deles também não era os mesmos! Nem a histórias deles com ela, na verdade eram personagens novos. Como se tivessem trocado não só o nome, mas a personagem principal.
Resumindo, esse foi mais um filme que usou a premissa do livro, que é uma mulher chegando ao 30 anos que leu em uma revista que a média de homens que as mulheres vão para a cama é 10,5. E como o número dela é 19 ela resolve procurar os ex. Ela não sai de carro para ir as cidades onde eles moram, ela vai de trem e volta pra NY, ela vai de avião e volta para NY. E a maioria mora em NY mesmo. E nessas idas e vindas, ela mantém uma amizade com o Colin, e olha eles ficam nus em várias cenas, mesmo não indo pra cama. 
Eu tento não comparar, mas foi difícil, até meu esposo que ouvia todas as minhas reclamações quando estava lendo o livro, perguntava “Que horas ela vai atrás do Loiro gostosão internado na clínica que você falou” “Cadê a cachorrinha que você falou que ela comprou?”
Conclusão, eu gostaria de conversar seriamente com roteiristas para saber o por que de tantas mudanças, que reparem, nem precisava existi.

Nenhum comentário

Postar um comentário