Postagens populares

Livro que li: Aura Negra, Richelle Mead

19 janeiro 2014

Sinopse: No Tumultuado mundo dos vampiros, todo cuidado é pouco, e o menor dos deslizes pode ser fatal. Rose Hathaway sabe disso, mas mesmo assim sempre consegue se meter em apuros. Depois das surpresas e reviravoltas de O beijo das sombras, ela terá que tomar decisões difíceis para salvar aqueles que ama, custe o que custar.
Contra todas as expectativas, os Strigois se organizam e declaram guerra aos vampiros conhecidos como Moroi, caçando-os em suas próprias casas e alimentando-se de seu sangue para obter imortalidade – tudo graças à ajuda dos humanos. Os guardiões, então, fazem uma grande mobilização para cumprir seu trabalho de proteger os Moroi, e vêm do mundo todo para a Escola São Vladimir para discutir possíveis estratégias de combate.
Entre os que se reúnem ali, surge a própria mãe de Rose. O encontro da mãe com a filha, abandonada quando criança, traz antigos ressentimentos á tona. E, para complicar ainda mais as coisas, Dimitri, o instrutor e antigo amor de Rose, pode estar comprometido com outra pessoa. Não bastasse tudo isso, três de seus amigos deixam para trás a proteção dos guardiões para se aventurar num plano de vingança suicida contra os Strigois. E Rose precisa salvá-los, principalmente porque tudo é culpa sua.
Em Aura negra, Richelle Mead nos faz sentir na pele toda a tensão dos personagens diante do possível – e indesejável encontro com os sanguinários Strigois, mas também reserva um espaço muito especial para a magia, o amor e o sonho. Uma prova de que, a cada erro cometido, aparece também uma chance de se perdoar e seguir em frente, como faz Rose.
Nº de Páginas: 297
Editora: Nova Fronteira
***
Após um ataque de Strigoi na casa de umas das famílias da realeza Moroi, a escola São Vladimir resolve passar uma semana em uma estação de esqui, pois é o lugar mais seguro na situação que o mundo dos vampiros se encontra. Dimitri acaba se envolvendo com outra pessoa, e isso deixa a Rose magoada, e acaba tomando decisões erradas (leia-se fazendo besteira).
Enquanto o primeiro livro é uma introdução ao mundo dos Morois, Dampiros e Strigois, esse segundo é para mostra que o bicho vai pegar que a série é muito quente, tem muita ação, tem romance e tem sensualidade. Nesse livro a história esquenta e muito! Rose está amadurecendo, mas ao mesmo tempo continua fazendo coisas inconsequentes.
A Rose é foda! (perdão pelo palavrão) com tudo que acontece nesse livro ela acaba aprendendo muito sobre si mesma, o que vai ser muito importante no futuro. Teve algumas atitudes dela que me deu uma raivinha, mas é a Rose, ela sempre resolve as coisas do jeito dela.
Outra coisa, a Richelle nos apresenta novos personagens, gostei muito da mãe da Rose, apesar de que no começo do livro a relação delas não é lá essas coisas, mas com o passar do tempo a relação delas melhoram. E gostei do Adrian, não só porque ele é lindo, mas a simpatia dele conquista. E a nova personalidade da Mia me surpreendeu.
E no final chorei com a Rose. Impossível não se emocionar. Essa série é muito intensa. E cada vez que leio (essa foi a terceira) me apaixono ainda mais por essa série.
Beijos!!!

Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Michelly Melo.