Filme que vi: Pequena Miss Sunshine


Sinopse: Parta numa viagem hilária com os Hoover, uma das famílias mais adoravelmente desajustadas da história da comédia.
Richard (Greg Kinnear), o pai, tenta desesperadamente vender seu programa motivacional para atingir sucesso... Sem sucesso. Enquanto isso, Sheryl (Toni Collette), a mãe a favor da honestidade plena, tenta entrosar sua excêntrica família, incluindo seu deprimido irmão (Steve Careli). que acaba de sair do hospital após ser abandonado por seu namorado. Temos ainda a ala jovem da família Hovver: Oliver (Abigail Breslin), com 7 anos de idade e aspirante a rainha de concurso de beleza, e Dwayne (Paul Dano),um adolescente que lê Nietzsche e fez voto de silêncio. Para completar a família, temos o desbocado avô (Alan Arkin), cujo comportamento maluco fez com que recentemente fosse expulso do asilo de idosos.
Quando Olive é convidade a participar do concurso de beleza “Little Miss Sunshine” na distante Califónia, toda a família parte em uma velha Kombi para torcer por ela... e o resultado desse apoio é simplesmente hilário.

Roteiro: Michael Arndt
Origem: Estados Unidos
Duração: 101 minutos

***
Olive fica muito animada com a participação no concurso, e ensaia com o seu avô os passos da dança, seu avô abusa das drogas, seu pai tenta motivar toda a família para ter sucesso, sendo que ele mesmo não chegou lá, Sheryl tenta tomar conta de seu irmão que tentou suícidio, e Dwayne odeia essa família maluca de fracassados. Eles viajam para a Califórnia para levar Olive ao concurso, e toda a viagem é cheia de acontecimentos que mexe com toda a famíla.
Com essa premissa, pode parecer um filme triste, deprimente, mas não se engane. Nos primeiros minutos de filme somos introduzidos a uma família com todos seus defeitos e qualidades, e que mesmo contra a vontade de alguns de viajar, vai mesmo assim. E é uma viagem que compensa, um filme que compensa, entre todos os acontecimentos, como a Kombi que quebra (já falei que amo Kombis, no modelo desse filme? Meu sonho ter uma hehe) e eles tem que empurrar, que rende cenas muito engraçadas, o reencontro do Frank com o ex namorado, o fracasso do pai da Olive, e outro acontecimento. Essa família se une, se redescobre e se diverte.


Avô: Sabe o que é um perdedor? Um perdedor é aquele que tem tanto medo de não vencer, que acaba nem tentando.

Um personagem que me irritou profundamente foi o Pai da Olive, sério que homem chato! E uma das coisas que mais gostei, foi o concurso, a Olive inovando, amei! Por que sinceramente acho um absurdo esse tipo de concurso, já assistiram Pequenas Misses no Discovery Home & Health? Sempre que assisto fico irritada com aquelas mães (e as vezes com as meninas também).
E gostei muito dos personagens Dwayne e Frank, ambos tem seus dramas, mas são muito inteligentes, e eu amo personagens inteligentes.

Nenhum comentário

Postar um comentário