Postagens populares

Filme que vi: Questão de Tempo

30 junho 2017 Nenhum comentário

Sinopse: Ao completar 21 anos, Tim (Domhnall Gleeson) é surpreendido com a notícia dada por seu pai (Bill Nighy) de que pertence a uma linhagem de viajantes no tempo. Ou seja, todos os homens da família conseguem viajar para o passado, bastando apenas ir para um local escuro e pensar na época e no local para onde deseja ir. Cético a princípio, Tim logo se empolga com o dom ao ver que seu pai não está mentindo. Sua primeira decisão é usar esta capacidade para conseguir uma namorada, mas logo ele percebe que viajar no tempo e alterar o que já aconteceu pode provocar consequências inesperadas.
Duração: 2h 03min
Classificação: 

Tim, um rapaz nada bonito e todo desengonçado, recebe a noticia de seu pai que os homens da família tem o poder de viajar no tempo. Lógico que ele não acredita, quem acreditaria? hehe, mas ele tenta e sim! Ele pode, e esse maravilhoso poder vem a calhar quando eles recebem em casa uma visita de uma linda moça, e nada sai com esperado, mesmo fazendo as viagens... E ele começa a descobrir os segredos e vantagens dessas viagens, ao se mudar para Londres ele conhece Mary em um pub, mas ele faz uma viagem de volta no tempo e percebe que isso alterou o encontro dos dois, e ele vai tentando até encontrá-la novamente.
No começo admito que o filme não me prendeu, comecei a assistir várias vezes, mas estou aqui para dizer que vale a pena dá uma segunda ou terceira chance para certos filmes. Esse filme me emocionou, desceu aquelas lagrimas que eu como vocês sabem sou chorona em filmes... E a lição, a moral do filme é linda e vale super a pena ser assistido. Além de que tem momentos divertidos e com certas ironias.
E a fotografia do filme é linda, o tipo de iluminação que amo em filmes, tipo aquelas fotos do tumblr... Trilha sonora legal e se passa em Londres, cidade que eu amo e sonho um dia conhecer, então sempre que assisto algum filme que se passa lá me imagino naquelas ruas...
Bem é isso, cinco estrelinhas com certeza, e sempre que eu consegui vou dando as caras por aqui :D

Livro que li: A Mediadora 1, A Terra das Sombras - Meg Cabot

19 junho 2017 Nenhum comentário

Sinopse: Suzannah seria uma adolescente igual a todas as outras se não tivesse um dom especial: a capacidade de ver fantasmas. ela é uma mediadora, uma pessoa que tem como missão ajudar essas almas penadas a descansarem em paz . E isso significa… problemas. como explicar a mãe e os professores que suas travessuras noturnas foram provocadas por… assombrações?
Quando a mãe se casa pela segunda e se muda de Nova York para a ensolarada califórnia, as coisas parecem que vão melhorar. Mas, ao chegar lá, Suzzanah percebe que a nova família mora em casa antiga. E, é claro, assombrada. Só que, desta vez, é um fantasma bonitão que 
000nada faz para assustá-la . Muito pelo contrário.
Os problemas dela, porém, não estão no lar, mas na escola. Lá, o espirito de uma garota, que se matou por causa do namorado, ameaça a segurança de todos. só suzannah com suas habilidades e poderes especiais pode salvar os amigos e professores da fúria terrível de uma assombração com grandes poderes.
A Mediadora mais uma série de sucesso de Meg Cabot, é uma história de tirar o fôlego. A Terra das Sombras, primeiro volume das aventuras de Suzannah, é cheio de ação, mistério, suspense e, é claro bastante romance. Pois por mais que ela seja uma mediadora, com poderes sobre o mundo dos mortos, seu coração bate mais forte na presença concreta de um garoto atraente, inteligente, gentil e de carne e osso.
Autora: Meg Cabot
Editora: Galera Record
Nº de páginas: 288 
Classificação:
Suzannah aparentemente uma menina normal de 16 anos precisa se mudar de Nova York para a Califórnia após o novo casamento de sua mãe, ela já teme essas mudanças pelos motivos normais, mas também por um especial, ela tem o dom (ou talvez ela não ache que seja um dom) de ver fantasmas, isso mesmo, a pessoa morreu e não foi de vez e ela tem que ajudar o fantasma a resolver o que impedi de partir para o que vem depois da morte, isso a torna uma mediadora. E quanto mais antigo um lugar, mas provável a existência de fantasmas, e na Califórnia ela irá morar e estudar em edifícios antigos. E como esperava há um fantasma morando na casa onde ela vai morar, o que ela não esperava era que seria um fantasma de 150 anos e bonitão, e totalmente amigável... O Jesse. Mas mesmo parecendo que tudo seria bem legal, na escola ela vai ter que enfrentar um fantasma de uma menina que se suicidou por causa do namorado um pouco antes da chegada da Suzannah. E além disso tudo ela tem que esconder esse "trabalho" da mãe, padrasto e dos três filhos do padrasto.
Esse é o primeiro livro da série (que tem seis livros), li toda essa série pela primeira vez em 2012 depois de uma ressaca literária (fiquei meses sem ler depois que terminei de ler Fazendo Meu Filme 4) e reli novamente recentemente para resenhar aqui. No começo eu tive receio porque sou medrosa e tem todo esse lance de fantasmas, mas é super tranquilo de se ler, mesmo se você tiver medo de tudo que se refere a esse mundo do terror. E vou dizer que a capa ajudou nesse receio, a antiga ainda mais... Essa passa a impressão de ser algo muito mais sombrio do que realmente é, não que seja feia, acho linda rsrs Mas ficou algo sombrio... e sexy hahaha
Suzannah é uma menina durona e isso já me conquistou de cara, e mesmo sendo tão durona assim ela sonha em ter um namorado legal e se enturmar no novo colégio. O livro é narrado por ela, e o jeito dela faz com que a leitura seja leve e até mesmo engraçada. E por ser um livro pequeno e com diagramação ótima a leitura flui que a gente nem ver. Todo o suspense em relação ao fantasma da garota fez com que eu me interessasse ainda mais pelo desenvolvimento da história... Assim como a relação da Suzannah com o Jesse, que ainda não é tão explorada nesse livro. Amo esse livro, na verdade a série todinha, indico super! E aguardem que em breve já posto a resenha do segundo livro da série.



 
Desenvolvido por Michelly Melo.